Universo Vasco

Análise de Pedro Icaro: Vasco em mais uma partida com sólida defesa e ataque ineficiente

VASCO 0X0 SPORT
ANÁLISE: PEDRO ICARO
VASCO EM MAIS UMA PARTIDA COM SÓLIDA DEFESA E ATAQUE INEFICIENTE

Mais um jogo no Maracanã, com um público lindo e contagiante, que mostra que o Vasco é o verdadeiro legítimo time do povo, a torcida que canta e vibra em todos os momentos e brilha norte a sul desse país.

Os torcedores fizeram sua parte, o time nem tanto, a defesa se mostrou mais uma vez sólida, já o ataque novamente ineficiente, o que custou os três pontos, e construiu o placar zerado no Maracanã.

O Vasco até foi bem no primeiro tempo, não deixou o Sport jogar, marcava alto e com pressão ao adversário, às vezes até com dois atletas cercando. Se viu um Sport recuado e sofrendo pra sair com facilidade de seu campo.

O Gigante da Colina tinha o domínio, tinha um Andrey Santos como destaque, o jovem mostrava sua habilidade, marcava bem, se lançava para o ataque. Em uma jogada linda dele, até deixou Gabriel PEC na boa, só que o atacante mostrou a ineficiência das finalizações do Vasco.

Os laterais apareceram, principalmente Léo Matos, quem diria. O veterano já estava um tempo sem jogar, só que no primeiro tempo parecia nem sentir o tempo de inatividade, foi seguro defensivamente e atuante em algumas investidas ao ataque. Edimar fez o básico, mas também auxiliou ofensivamente com passes para os jogadores de frente.

E por ironia do destino, a melhor chance do Vasco no primeiro tempo foi de um zagueiro, Danilo Boza cabeceou na trave, após escanteio de Palácios. Falando no defensor, um dos melhores, segurança nas coberturas e antecipações.

O segundo tempo veio, e o Vasco cansou, já não marcava mais como antes. O resultado disso foi um Sport mais atuante, querendo pegar uma sobra para contra-ataque.

O Vasco deixou muito a desejar com seus homens de frente, faltou pontaria, infiltração e assustar mais o Sport. Figueiredo até conseguiu, em um chute de fora da área, obrigando Mailson jogar pra escanteio, mas só foi isso.

É preciso reforços para o setor ofensivo, é preciso mais eficiência. Nenê acabou fazendo falta, mas não dá só pra contar com o experiente meia.

O Vasco precisa dar uma resposta, e outro jogo importante vem pela frente, na próxima semana enfrenta o Criciúma, fora de casa, buscando a reabilitação.


Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: