Universo Vasco

Zé do táxi reconheceu necessidade de demitir Sá Pinto antes mesmo de Alexandre Campello

Presidente do Vasco ainda queria manter o português no comando do time, quando Zé do táxi, bastante criticado também pela torcida, já havia jogado a tolha.

A ideia ainda era que a transição do futebol fosse somente em janeiro, mas os resultados negativos, principalmente após a derrota para o Athletico-PR, aceleraram os processos. O primeiro deles, a saída de Sá Pinto e André Mazzuco.

Após toda pressão, Campello não viu outra saída senão aceitar as mudanças, e começou a definitivamente passar o bastão para Jorge Salgado, que inclusive já anunciou o novo diretor executivo.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: