Universo Vasco

Vasco tem prejuízo de quase R$ 18 milhões com inatividades de Breno e Ramon

Eles não jogam a muito tempo, ambos renovaram em 2017 por três anos, e estão nos seus últimos dias de contrato, que não será renovado em nenhum dos dois casos.

Foram muitos meses de esperança e inatividade, Ramon, 34 meses parado, sem poder entrar em campo, e Breno, um mês a mais, 35.

Só entre 2019 e 2020, foram 24 meses sem qualquer atividade para o lateral esquerdo, que recebe 230 mil reais mensais. O zagueiro segue algo parecido, também 24 meses parado dentro do mesmo período.

E para a tristeza não só do torcedor, mas do clube, todo esse tempo sem atividades realizadas custou caro, e muito: Ramon cerca de R$ 7,8 milhões neste período, enquanto Breno, um pouco mais: R$ 8.7 milhões.

Somando os valores, o investimento de quase 18 milhões de reais. Apenas como efeito de comparação, Martín Benítez, desejo de compra pelo Vasco, custa 21.9 milhões em sua multa rescisória.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: