Universo Vasco

Léo Gil, comenta protestos, reforça união do grupo e lamenta eliminação na Sul-Americana

O Vasco deu adeus à Copa Sul-Americana nas oitavas de final. Após a eliminação, Léo Gil concedeu entrevista onde reconheceu  as falhas e os erros individuais, mas garantiu que a equipe continua focada para reverter a situação no Brasileiro

– Creio que a torcida pode cobrar. É uma situação que não queríamos estar. É difícil, queremos o resultado logo. Estamos tratando de fazer como equipe. Saibam que vamos trabalhar para o Brasileirão, é o mais importante, para conseguirmos o máximo de pontos possíveis.

A equipe está na zona de rebaixamento e ocupa apenas a 17ª colocação, com 24 pontos. Para o argentino, a torcida tem o direito de cobrar, mas reiterou a união do grupo para conquistar os resultados. Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o Grêmio fora de casa no domingo, no Rio Grande do Sul.

– A torcida está cobrando, e nós entendemos. É uma situação em que ninguém quer estar, mas só vamos sair dessa juntos. Estamos tratando de fazer como time.

– Penso que nós fizemos uma grande partida hoje, não conseguimos o resultado que queríamos. No jogo de ida, não merecíamos empatar e conseguimos o resultado. Hoje o time teve seis situações de gols, e nessa competição tão importante os detalhes fazem a diferença. Desafortunadamente cometemos um erro, e eles marcaram na única chance que tiveram. Tenho orgulho dessa equipe. Agora é olhar para frente e olhar para o Brasileirão.

O Vasco deixou de receber premiação de US$ 600 mil (cerca de R$ 3,1 milhões) dado às equipes que avançam para as quartas de final da Sul-Americana. Agora o time terá apenas o Campeonato Brasileiro para disputar até o fim da temporada.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: