Universo Vasco

Vasco perde Andrey lesionado, e vê falta de opções no elenco

Andrey é um dos principais destaques da temporada não é de hoje. O volante tem até mesmo passagens pela seleção brasileira de base, além de ser o grande elo entre o meio-campo e o ataque do Vasco.

Apesar do ano de 2020 muito bom, nem sempre foi assim, anteriormente o volante foi muito criticado pelos torcedores, muito devido a sua grande qualidade técnica, mas que não era demonstrada nas partidas, com um certo desleixo, e talvez preguiça nas jogadas, mas também com problemas envolvendo o técnico Alberto Valentim, em 2019, ele de jovem promessa, se tornou reserva, e após, ressurgiu, como titular absoluto.

O jovem volante Andrey começou nos profissionais com apenas 18 anos, e segue sendo uma das principais apostas do Vasco por uma boa receita futura, envolvendo sua venda. Hoje com 22 anos, se tornou uma liderança da equipe, apesar da juventude, já passou por várias situações adversas, o que o consolida como um dos líderes, não penas tecnicamente.

A cria da base é o líder de assistências e de desarmes do cruzmaltino no Brasileirão, sendo essa apenas algumas das qualidades que refletem em seu status de intocável por Ramon Menezes, e pelo torcedor vascaíno.

Contudo, o volante agora será desfalque certo do Vasco no primeiro de três jogos contra o Botafogo, neste domingo, pelo Brasileirão, e os outros seguintes pela Copa do Brasil, nos dias 16 e 23.

Conforme apurou o jornalista Joel Silva, o volante passou por exames e foi constatada um leve lesão na coxa. Vale lembrar que Andrey foi substituído no começo do segundo tempo da derrota para o Atlético-GO. A previsão de retorno para o jovem volante é apenas para o jogo de volta na Copa do Brasil, isso na visão otimista, fazendo-o perder, no mínimo duas partidas.

Também substituído por um incômodo, Vinícius não apresentou nenhuma lesão, podendo voltar no meio de semana.

Assim, Ramon Menezes terá sérios problemas em montar o meio-campo vascaíno. Além de Andrey, o Vasco também não contará com Bruno Gomes, expulso, e Carlinhos, também machucado. Resta ao torcedor aturar Fellipe Bastos por mais um tempo.

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: