Universo Vasco

Carlos Tenório faz coro para ida de Antonio Valencia ao Vasco

O nome de Antonio Valencia tem circulado entre os torcedores vascaínos à alguns dias, e ganhou o apoio de um ex-vascaíno também equatoriano, para rumar com destino à São Januário.

Carlos Tenório, ex-atacante vascaíno revelou recentemente ao “Atenção, Vascaínos”, que vê com bons olhos a chegada de seu compatriota à colina histórica. Tenório teceu elogios ao lateral, que também pode atuar no meio campo, recordando a carreira de Valencia.

– É um jogador que demonstrou um profissionalismo, caráter, disciplina dentro do futebol. Como pessoa é um ser humano extraordinário, amigo, então acho que ele agora está em condição de jogar em qualquer time. Acho que seria muito bom ele chegar no Vasco, que está passando por um bom momento, era um time que há muito tempo não vinha jogando assim e isso é muito bom para o futebol. Acho bom ele chegar no futebol brasileiro, ele precisa jogar também para entrar de novo na Seleção, é um jogador muito importante para o Equador por toda a sua experiência.

Apesar do apoio, o Vasco mantém a calma e cautela para negociar com o equatoriano de 35 anos. O alto valor salarial do jogador é considerado um entrave, mas, à favor do Vasco está o fato do lateral estar livre no mercado, podendo assinar de graça com qualquer equipe, após deixar a LDU. O interesse de times da Inglaterra e Estados Unidos pode complicar também para os vascaínos.

O experiente equatoriano já havia sido oferecido ao clube em julho, o Vasco ficou de analisar, mas o negócio não prosseguiu, pode ser que agora o desfecho seja diferente.

Em seu elenco, hoje o Vasco conta com o contestado Yago Pikachu e o jovem Cayo Tenório, recentemente a equipe negociou Cláudio Winck, com o Marítimo-POR, e Rafael Galhardo pediu rescisão na justiça. Por isso, o clube busca opções para reforçar a posição.

Valencia tem passagem por grandes clubes, como o Manchester United, da Inglaterra, além de ter participado da campanha da Seleção Equatoriana na Copa do Mundo de 2014. Na mesma competição, inclusive, o equatoriano esteve em São Januário para treinos com a Seleção, e foi presenteado pelo clube.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: