Universo Vasco

Bloqueio na Justiça pode fazer Vasco perder 30% da venda de Nathan

O Vasco pode sofrer um bloqueio sobre o valor da negociação de Nathan com o Boavista-POR. Segundo informações do Esporte News Mundo, a Portuguesa-RJ, clube que formou Nathan, acionou a Justiça, pedindo o bloqueio de 30% do montante que o Cruz-Maltino receberá da negociação.

O pedido se dá pelo entendimento do clube de ter direito em receber tal quantia, justamente por ter sido o formador do jovem.

A venda de Nathan vai gerar cerca de R$ 8,1 milhões ao Vasco. No caso do bloqueio sendo aceito pela Justiça, R$ 2,4 milhões não poderiam ser usados pelo clube, apenas os R$ 5,7 milhões restantes.

Nathan sequer chegou a estrear pelo Vasco, foi vendido antes mesmo de sua primeira partida entre os profissionais, apesar de ter sido relacionado em algumas oportunidades. O lateral já treinava junto do elenco principal, mas, por nunca ter tido uma chance na categoria de cima, optou por primeiro não renovar com o clube, e o Vasco por sua vez, preferiu vender o lateral, que possuía contrato até junho de 2021, e poderia sair de graça no ano que vem.

Ambas as partes chegaram a conversar sobre uma renovação, o cruzmaltino principalmente, mas o empresário do jogador já não estava tão interessado assim, vide outras sondagens que o jogador recebia da Europa.

Anteriormente o Valencia-ESP tinha interesse em levar o jovem, mas acabou não entrando em acordo com o Cruzmaltino. Na época, o valor da negociação pela venda do jogador era a metade do valor atual: R$ 4,2 milhões. Portanto, parece que o Vasco fez um bom negócio.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: