Universo Vasco

Preparação: Há um mês do início do Brasileirão, Vasco traça metas

Até o início do campeonato, o Vasco tem 2 obstáculos que dão de dor de cabeça a Ramon e a comissão técnica: O desequilíbrio físico de uma parte do elenco, já que antes dos retornos aos treinos 19 atletas foram diagnosticados com COVID-19 e a situação de Guarín, que ainda não está definida, podendo se aposentar antes de reestrear em campo.

Diante disso, o Gigante da Colina traça uma meta principal de equilibrar o elenco fisicamente, mentalmente e taticamente, como disse Ramon nas duas últimas entrevistas coletivas, após a vitória diante de Macaé e Resende.

A ideia é marcar diversos jogos-treinos contra equipes de menor expressão do Rio de Janeiro, e assim dar ritmo de jogo pro time titular e rodagem para os jogadores reservas. Sobre como fazer isso respeitando os protocolos de segurança, o diretor executivo de futebol, André Mazzuco, afirmou:

– Estamos, sim, planejando, além das atividades regulares nestas semanas, a possibilidade de jogos-treinos. A programação de treinos segue o que já tínhamos como sequência de trabalho, com objetivo inicial de equilibrar o grupo no aspecto físico, e, em paralelo, dar tempo para o Ramon trabalhar bem o grupo. Manteremos os protocolos de segurança estabelecidos pela vigilância sanitária em jogos oficiais para todas as nossas atividades.

O Vasco, caso não haja mudança de calendário, entra em campo no dia 9 de agosto contra o Palmeiras.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: