Universo Vasco

Lembra dele? Matheus Índio retorna ao Brasil após período na Europa e fala de gratidão ao Vasco

Livre no mercado, Matheus Índio retornou ao Brasil após três anos na Europa. Agora sem contrato, o meia ex-Vasco analisa sondagens e pode permanecer no país tupiniquim.

Em contato ao Globoesporte.com, Índio falou sobre o retorno, e a possibilidade de ficar mais um pouco no país, após o tempo de aprendizado no velho continente.

– Fiquei um tempo fora, e acho que essa volta seria bem-vinda. Mas tenho que analisar com calma as possibilidades antes de tomar uma decisão.

– Joguei três temporadas em Portugal. Fui para o Estoril, tive um momento bom lá. Depois tive uma passagem por empréstimo no Boavista, de Portugal. Foi bom, gostei, é um clube grande e tradicional em Portugal. Mas terminou o contrato e estou livre. Voltei em junho ao Brasil. Tenho recebido alguns contatos, tem algumas possibilidades. Espero tomar uma decisão em breve – resumiu o jogador.

Índio tem atualmente 24 anos, ainda jovem se comparado à outros meias ainda em atividade. Ele é cria da colina histórica, tendo chego ao Vasco com 11 anos, onde fez sucesso e alcançou a Seleção Brasileira de base. No profissional, acabou não tendo oportunidades as quais sonhava, ele tem apenas seis jogos pelo Vasco.

O jovem também comentou sobre sua formação na colina, e revelou o carinho pelo Gigante, bem como sua gratidão ao clube.

– O Vasco é o clube que me formou e me abriu as portas no início da minha trajetória no futebol. Tenho um carinho muito grande e sou muito grato ao Vasco. Mas acabei jogando pouco no profissional e saí para a Europa. Foi na época do Jorginho (treinador), foi opção dele. O Vasco tinha um time muito experiente na época. Nada pessoal.

Quase sem atuar pelo Vasco, Índio foi emprestado ao Estoril de Portugal, onde teve bom rendimento e acabou tendo 50% dos seus direitos comprados pelos portugueses.

O jogador tem passagem pelo Boavista em seu currículo Europeu, outro clube de Portugal

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: