Universo Vasco

Irreal? Júnior Lopes projeta busca pelo título Brasileiro em live na VascoTV

Parece irreal, se é que não seja, o Vasco pensar em título brasileiro. Mas é o que Júnior Lopes, auxiliar do técnico Ramon Menezes, pregou em entrevista na VascoTV, nesta quinta-feira.

Questionado sobre os objetivos do time no Brasileiro, Júnior disse que pela tradição, o Vasco deve lutar pelo título. Isso parece claro, uma instituição como o Vasco deve sempre lutar pelos títulos. Contudo, será que temos time para isso?

– Quando começa o Campeonato Brasileiro, todas as grandes equipes buscam o título sem dúvida. O Vasco é grande, vamos colocar no G-12, com os quatro de São Paulo, os quatro do Rio, os dois do Rio Grande do Sul e um de Minas não está na Série A, que é o Cruzeiro. Essas equipes sempre quando entram na competição, elas entrando buscando o título, e o Vasco não vai fugir disso. Pelo menos no início da competição, nosso pensamento é chegar o possível lá na frente.

– Quem sabe a gente estreia no Palestra Itália, vem de uma vitória. Aí vem no segundo jogo contra o Sport e consegue uma segunda vitória. Aí faz seis pontos, motiva e entra forte na competição. É uma competição muito longa, desgastante, e você vê aonde pode chegar ao longo dela. Mas lógico que num primeiro momento, o Vasco busca o título, sim – disse Lopes.
É fato de que uma, duas vitórias seguidas no início do campeonato são essenciais por objetivos. Mas o Brasileirão é feito de 38 rodadas, e não apenas 2 jogos. Projetar brigar pelo Brasileiro se trata de algo irreal para uma equipe como o Vasco hoje, que não possui sequer elenco comparado à Palmeiras, Flamengo, Grêmio, Atlético-MG ou Internacional, só nestes temos 5 grandes concorrentes.

O Vasco estreia no Brasileirão logo contra um desses times, o Palmeiras de Vanderlei Luxemburgo, em São Paulo. De toda forma será um bom teste para se saber se o auxiliar está dizendo o correto a respeito do que pensa.

Fato é que o Vasco hoje, não tem condição alguma de brigar pelo título brasileiro, e a ideia não deveria ser posta na cabeça do vascaíno como um sonho, afinal, pode muito bem se tornar um pesadelo, e criar falsas expectativas no torcedor.

O elenco hoje é limitado, não brigaria por Brasileiro, e ainda precisa se reforçar para também não brigar tanto na parte de baixo da tabela, uma vez que já perdeu jogadores como Marrony para concorrentes diretos no cenário nacional, e está para perder Fredy Guarín em breve.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: