Universo Vasco

Colombiano Fredy Guarín cobra diretoria para que salários sejam pagos em dia

Segundo informações do canal “Atenção, Vascaínos!”, Guarín está perdendo a paciência. Longe da família, que está na Colômbia, e em quarentena temporária no Rio, o colombiano tomou as rédeas dos companheiros e está cobrando a diretoria cruzmaltina.

O colombiano quer que os salários sejam colocados em dia no clube, que os pagamentos sejam feitos, principalmente aos jogadores que mais precisam e que estão a mais tempo sem receber, como os que não recebem direitos de imagem desde o ano passado. Guarín não tem cobrado o seu próprio salário, mas sim, os de seus companheiros.

Fredy Guarín ainda tem férias e bônus de 2019 para receber do clube, e hoje só recebeu metade do mês de fevereiro. Ele está cobrando planejamento e postura do time para que arque com as pendências.

Internamente entende-se no Vasco a razão do colombiano, diretores como André Mazzuco e o técnico Ramon Menezes já conversaram com o jogador a respeito do tema, contudo, ressaltaram que o clube tem um planejamento a ser seguido.

No planejamento, o Vasco se organiza para quitar 2 meses de salários ainda esta semana, ao menos um, os meses de março e abril são os próximos a serem quitados. Maio e Junho seriam pagos junto com os direitos de imagens do ano passado, num acordo que pode ser dividido em 8 vezes, até o final do Brasileiro de 2021. Deste modo os salários do cruzmaltino seriam colocados em dia.

Guarín não tem intenção alguma de deixar o Vasco, como noticiado erradamente pelo Fox Sports, mas cobra sim da diretoria um posicionamento mais correto e profissional.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: