Universo Vasco

Alexandre Campello afirma ter contraído o coronavírus

Alexandre Campello ficou mais um mês sem sair de casa, em quarentena na Barra da Tijuca. Mas a Covid-19 já tinha circulado pelo seu ambiente domiciliar, contaminando a mulher, Lorena, a sogra, uma empregada e a babá. As informações são do jornal Globo.

Foi Lorena, sua esposa que apresentou os primeiros sintomas. Segundo Campello, os funcionários da casa já tinham sido liberados, mas continuaram prestando serviços.

– Dei férias para o caseiro. Montei um esquema para não sair de casa. Disse a elas para que fossem para casa e não voltassem. Mas minha mulher passou a ter sintomas. Ninguém sabe como o vírus chegou. Ficamos um mês dentro de casa – contou Campello ao Globo.

Como os sintomas não aparentavam ser graves, o próprio presidente, médico, fez o monitoramento, em sigilo, sem alardes ou medicações.

– Ainda existia muita dúvida sobre o que fazer. Eu tive dor no corpo, náusea, dor de cabeça e perdi o olfato. Por isso tinha tanta certeza do diagnóstico. Minha mulher não sentia cheiro de nada. Cheirava produto de limpeza, que é forte, e nada – disse sobre Lorena.

Em quarentena, Campello lidava com os assuntos do Vasco à distância. O Campeonato Carioca já havia sido paralisado, em reunião no dia 16 de março.

Campello passou o período todo do isolamento sem ser testado. O exame que confirmou o resultado positivo para a doença foi feito na retomada das atividades.

– Cumpri o período recomendado, mais de 30 dias recluso. A único coisa que isso tudo demonstra é que o isolamento, por si só, não é uma garantia. É importante, mas não é garantia – disse Campello.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: