Universo Vasco

Vasco mostra nova cara com Ramon e vence o Macaé com tranquilidade

O Vasco entrou em campo precisando vencer e contar com uma vitória do Resende contra o Madureira. E foi o que aconteceu. O Gigante da Colina venceu o Macaé por 3×1, com destaque para o argentino Germán Cano, que anotou seu primeiro hat-trick com a camisa cruzmaltina e o Resende superou o Madureira, 2×0.

O volante Andrey também teve destaque durante o jogo, com uma boa distribuição de jogadas, Fellipe Bastos foi outro que se destacou na partida, inclusive dando assistência para o terceiro gol de Cano.

De modo geral o Vasco controlou bem a partida e levou poucos sustos, tendo muito mais perigo que o Macaé, controlando as ações. Com o resultado o Gigante segue firme na busca pela classificação na Taça Rio.

 

Avaliamos o desempenho de cada jogador, dando uma nota de 0 a 10:

Fernando Miguel: 6. O goleiro teve boas intervenções, porém falhou no gol do Macaé em uma saída errada no escanteio.

Pikachu: 7,5. Foi importante taticamente, com bons apoios ofensivos no lado direito, que foi o mais perigoso do Vasco no jogo. Após a entrada de Winck, foi para o ataque como de costume.

Castan: 7. A autoridade na zaga vascaína, comandando a defesa como de costume.

Graça: 7. Mostrou segurança na defesa, levando a melhor na maioria dos lances.

Henrique: 7. Embora ofensivamente não tenha aparecido tanto, cumpriu bem seu papel defensivo.

Andrey: 8,5. Foi o melhor jogador do meio campo vascaíno, teve um papel importante na marcação e movimentação do time e mostrou sua técnica em diversos passes quebrando a linha da defesa do adversário, além de ter batido uma falta na trave.

Bastos: 8. Mostrou bastante entrega e desempenhou um papel muito importante no jogo, participando diretamente do terceiro gol vascaíno.

Benitez: 6. O mais discreto do meio campo, participou do segundo gol ao chutar errado e a bola sobra para o Cano fazer o gol.

Vinicius: 8,5. A principal válvula de escape do Vasco. Infernizou o lado esquerdo da defesa do Macaé, criando perigo em todos os lances na linha de fundo.

Talles Magno: 6,5. Na volta da lesão, fez um jogo bastante discreto, não conseguiu mostrar o bom futebol da última temporada.

Cano: 9,5. Nome do jogo, mostrou oportunismo de centroavante nos dois últimos gols e mais uma vez provou que é artilheiro. Autor dos 3 gols do Vasco, se movimentou bem criou diversas oportunidades.

Winck: 6. Entrou no início do segundo tempo e cumpriu a função de lateral, se prestando mais ao campo de defesa.

Bruno César: 6,5. Entrou no início do segundo tempo e mostrou disposição que a torcida espera dele, mas ainda discreto tecnicamente.

Raul: 6. Entrou no final do jogo e cumpriu sua função no meio campo.

Lucas Santos: 6,5. De volta depois de jogar na Rússia, entrou no final do jogo e participou de um bom lance ofensivo.

Marcos Júnior: 6,5. Entrou perto da metade do segundo tempo e cumpriu sua função no meio campo.

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: