Universo Vasco

Nova lei faz Vasco cogitar votações online para reforma e eleições diretas

Uma nova lei assinada por Jair Bolsonaro recentemente, está fazendo a diretoria vascaína cogitar a realização de votações online para que se decida as reformas do estatuto do clube, bem como a eleição direta.

A nova lei se trata da Nº 14.010, do último dia 10 de junho. O artigo 5, do capítulo 3 do documento cita que a assembleia geral pode ser realizada até 30 de outubro por meios eletrônicos, ou seja, via internet.

O artigo 59, sob qual foi baseada a lei, compete a destituição de administradores e alterações do estatuto, esse segundo caso especialmente, interessa ao Vasco.

Com a entrada em vigor da lei, alguns sócios contactaram os membros da Junta Deliberativa do clube, composta pelos 5 poderes do mesmo, para que pudessem sugerir a possibilidade a ser adotada, ainda mais se considerando a pandemia e o ano eleitoral.

Entretanto, o decreto assinado tem o prazo até 30 de outubro, e neste caso, não chegaria à tempo das eleições do cruzmaltino, que ainda não tem data, mas devem ocorrem em novembro. Apesar disso ainda acredita-se que possa se realizar a votação da reforma o mais breve o possível, assim como as eleições presidenciais do clube.

Além disso, o clube vê em uma possível votação online, uma maior justiça para os sócios de fora do estado, para que possam votar, em virtude da pandemia, os mesmos não teriam condições momentâneas de saírem de seus respectivos estados.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: