Universo Vasco

Germán Cano: Um centroavante como a muito tempo não se via no Vasco 

A bola está Germán Cano, literalmente até. O argentino deu um show de bola e anotou seu primeiro hat-trick pelo Vasco, na vitória sob o Macaé, em São Januário, por direito, saiu com a bola do jogo para casa. A vitória que, com a ajuda do Resende, manteve o clube vivo no Campeonato Estadual.

Mas não é de hoje que o jogador tem tido boas apresentações. Anteriormente com Abel Braga, Cano já apresentava bom desempenho, porém, era quase o único jogador que se destacava, e por conta disso, sofria muito no time desmotivado e desorganizado de Abel.

Com Ramon Menezes a história parece ser outra, o time é o mesmo, mas a motivação e o estilo de jogo parecem diferentes, mais vivos. Contra o Macaé por exemplo, no primeiro jogo pra valer do novo técnico, o time mostrou controle de bola, paciência, qualidade nos passes, ciência e objetividade ao atacar. O que simplesmente não existia antes.

Assim, Cano se sobressaiu. Ainda mais do que estava antes, afinal, a grande maioria dos gols do clube de São Januário na temporada haviam sido dele: 5 gols de 8. Sempre marcando um gol por jogo, ou a cada dois jogos, em média. E Ramon fez a média triplicar com os três marcados pelo argentino em sua estreia.

A tendência agora é melhorar, apesar dos problemas financeiros extra-campo, o Vasco parece uma equipe minimamente organizada e objetiva, com Fredy Guarín a qualidade técnica deve melhorar ainda mais, e com um grande matador no ataque, o setor ofensivo cruzmaltino tem tudo para dar uma virada.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: