Universo Vasco

Empresa de consultoria jurídica cobra o Vasco na Justiça e venda de Marrony pode ser penhorada

O Vasco corre risco de ter parte do valor referente à venda de Marrony penhorado pela Justiça.

Isso por que a Barreira de Oliveira Consultoria, empresa do ramo jurídico, solicitou a Justiça que sejam feitas penhoras no clube. E muito além disso: outros pedidos solicitados pela empresa incluem bloqueio na transferência de jogadores junto a CBF e a FIFA.

Segundo informação do site Esportes News Mundo o valor cobrado pela empresa em dívida seria de aproximadamente R$ 21 milhões, contudo, multas e juros da pendência podem fazê-la aumentar para cerca de R$ 25 milhões.

O documento menciona ao juiz um pedido para que o Atlético-MG deposite 20% de qualquer pagamento em favor do juízo, ou seja, do processo envolvendo o Vasco e a empresa. Então, a partir desse momento, parte do valor pago pelo clube mineiro ao Vasco, por Marrony, já seria penhorado

A penhora também cabe a receitas oriundas da televisão, como em cotas com a TV Globo, FERJ e CBF, sobre qualquer tipo de premiação que o clube venha a receber.

A empresa de consultoria jurídica ainda solicita, como mencionado, que CBF e a FIFA sejam intimadas a bloquearem quaisquer transferências de atletas do clube de São Januário. Dentre os exigidos, ainda há também uma solicitação de advertência ao clube.

A decisão final caberá ao juiz Rossidelio Lopes da Fonte, responsável pela ação na 36ª Vara Cível do Tribunal do Rio. A ação começou a tramitar oficialmente à cerca de 2 anos, em 2018.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: