Universo Vasco

Copa Sul-Americana pode ser estendida até 2021; Vasco monitora situação

Há a possibilidade da Copa Sul-Americana, da qual o Vasco está em disputa, ser estendida até o próximo ano.

A Conmebol estuda estender tanto a Libertadores da América, como a Copa Sul-Americana para 2021. Em entrevista ao blog, Frederico Nantes, que é diretor da confederação, confirmou que trabalha com a possibilidade de se adiar alguns jogos.

Devido à pandemia, a maioria das competições do planeta deram uma pausa, e recentemente algumas retornaram. O diretor afirma entretanto que a prioridade é a segurança para todos caso os jogos das competições sul-americanas retornem. O adiamento das partidas é visto com bons olhos para se evitar maiores complicações.

“Estamos enfrentando uma situação excepcional em que teremos que considerar todas as opções possíveis com seus prós e contras. Seja qual for a decisão tomada, a Conmebol sempre garantirá o retorno seguro do futebol para todos. Não haverá nenhum problema se tivermos que postergar as finais, inclusive para o início do próximo ano se for necessário”, disse Nantes.

As duas principais competições sul-americanas, que são justamente a Liberta e a Sul-Americana, estão paradas desde março, sem previsão alguma de volta. Em entrevista à Rivadavia, rádio argentina, o presidente da Conmebol, Alejandro Dominguez, descartou o retorno das competições antes do mês de setembro. Dessa forma, torna o cenário de se concluir as mesmas em novembro como irreal.

Assim, o que se considera como mais plausível a se seguir é a extensão das competições até fevereiro do próximo ano, aproximadamente. Mas isso dependerá também dos calendários nacionais dos principais afiliados da confederação, como a CBF e a AFA (Associação de futebol da Argentina).

Todavia, a Conmenbol ainda monitora a situação de cada país em relação ao coronavírus, afinal, dependendo da região, alguns países se encontram em melhores condições que outros para receberem e praticarem os esportes. Paraguai, Uruguai e Argentina vivem melhores momentos em relação à países como o Brasil ou o Chile. O que põe uma interrogação de quando será possível e seguro para a realização dos jogos.

A confederação sul-americana já pensou em algumas alternativas para tais problemas, como o Protocolo de Recomendações Médicas para Treinamento, Viagens e Competições, entregues à cada afiliado da mesma. No protocolo, consta orientações como voos fretados para delegações, evitando assim o maior risco de contágio e aproximação. Entretanto, tal opção seria mais viável à países de maiores condições, do que outros que não possuem tanta, o que poderia causar problemas.

O retorno da Copa Sul-Americana interessa diretamente ao Vasco, que eliminou o boliviano Oriente Petrolero antes da paralisação. As premiações oriundas das classificações na competição foram cruciais para o cruzmaltino poder quitar algumas de suas pendências.

A final da Sul-Americana está agendada para 9 de novembro, em Córdoba, na Argentina. Porém o local pode ser alterado caso não haja condições pela pandemia, ou a final adiada.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: