Universo Vasco

Campello pede “desculpas” aos sócios por entregar dados após liminar da Justiça

Alexandre Campello deve entregar o pen-drive contendo os dados dos sócios solicitados pela Justiça nesta sexta-feira, prazo estabelecido pela mesma.

Os dados foram pedidos primeiramente pela Junta Deliberativa do clube, especialmente pelos presidentes Roberto Monteiro (Conselho Deliberativo) e Edmilson Valentim (Conselho Fiscal) que posteriormente ingressaram nos meios judiciais para obtenção dos documentos.

Os presidentes dos poderes do Vasco, que formam a Junta, exigem que todos os dados sejam entregues para a melhor análise da lista a ser repassada para a votação da eleição. A primeira lista entregue não continha algumas informações como o CPF dos sócios.

– Atendi a um pedido do Mussa, presidente da Assembleia Geral, para que eu fornecesse os dados cadastrais dos sócios do Vasco. Mas omiti os dados de CPF. Porque com CPF qualquer pessoa consegue dados pessoais, como WhatsApp, e-mail, renda, profissão e até mesmo sua situação fiscal – disse Campello.

– Você, sócio do Vasco, que agora em diante receber ligações, receber SMS, WhatsApp, e-mails com pesquisas eleitorais ou mesmo pedidos de apoio, peço desculpas. Infelizmente, por decisão judicial, não terei mais como proteger seus dados sigilosos – completou.

Campello não participou da última reunião da Junta, onde justificou ter sido convocado para um compromisso com a FERJ devido ao Campeonato Carioca. Contudo, a ausência ainda assim não foi bem vista pelos poderes do clube, que formaram uma nova comissão para analisar possíveis punições ao mandatário.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: