Universo Vasco

Bruno César revela ter sido sondado por outros clubes, mas preferiu seguir no Vasco

O meia Bruno César foi mais um entrevistado pela VascoTV.

E na transmissão, o meia comentou sobre o tempo em que ficou afastado do restante do elenco, por estar fora dos planos, e deu detalhes de como foi sua reintegração.

Bruno acima de tudo agradeceu por outra chance de mostrar seu valor, mas também admitiu estar em débito com a torcida pelas poucas atuações em 2019. Vale lembrar que ele foi contratado como principal reforço da equipe até então.

– Eu creio que vou ter de resgatar a confiança nos jogos, no dia a dia. Mostrar que o ano foi diferente. Tenho que mostrar dentro de campo. Cheguei aqui, e a torcida do Vasco tinha uma confiança por mim e eu não pude oferecer isso a eles. É claro que sei que estou devendo, tenho a minha autocritica, sei que não fiz um bom ano – disse.

O jogador ainda ressaltou que seu maior desejo é permanecer no clube, justamente como forma de retribuir o carinho e confiança do torcedor, pelo o que foi depositado nele. Relembrando o período que ficou sem pagamentos devido a crise do clube.

– Estou aqui porque eu quero. Eu quero vestir essa camisa. Eu fiquei três meses quase sem respaldo nenhum. Se fosse outro… Em nenhum momento, eu critiquei o clube ou a direção. O clube está acima de qualquer jogador, então, tem de ter respeito mesmo que eventualmente não pague salário. O clube tem torcida, devemos esse respeito a ela. Se fosse outro jogador poderia ter colocado na Justiça.

Nos treinos comandados por Ramon visando o confronto com o Macaé, domingo, pela quarta rodada da Taça Rio, Bruno César foi testado como titular. O atleta respondeu como deve ser o seu aproveitamento na equipe:

Bruno César ainda admitiu ter sido sondado por outros clubes, mas relevou que uma conversa com o então auxiliar Ramon Menezes, na época de Abel Braga, teria sido crucial para que ele não deixasse São Januário.

– O Ramon me ajudou bastante no ano passado. Eu sempre pude conversar com ele, trocar ideias. No começo do ano, quando eu estava afastado, alguns clubes me procuraram e inclusive pediram a opinião dele. Mas ele me falou para eu não ir. Me focar e esperar que o momento iria passar. Ele vai dar certo como já vem dando. Os treinos com ele são muito bons, é bom ter um cara vitorioso no futebol – disse o jogador.

Bruno César chegou ao Vasco em janeiro de 2019. Perdeu espaço no time após a disputa do Carica e terminou o ano na reserva. Ele tem 4 gols em 30 jogos pelo clube carioca. O meia não joga desde que foi afastado, há seis meses.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: