Universo Vasco

Apesar de boa vitória, Castan pede pés no chão ao Vasco e diz sentir falta da torcida

Vitória boa e sem sustos. Nem isso foi capaz de empolgar demais o capitão vascaíno Leandro Castan. O Macaé não teve chances e sofreu para o Vasco, 3 a 1 com três gols do argentino Germán Cano.

Voltando ao capitão, Leandro Castan comentou logo após a partida em entrevista à VascoTV, um pouco sobre o jogo, mas tratou de ser mais realista. Além de elogiar o técnico estreante, Ramon Menezes.

– Temos que ter o pé no chão, tem muita coisa pela frente. O ano vai ser muito exigente e com muitos jogos, mas confio muito nesse grupo. Dar parabéns ao Ramon na sua estreia, mostrou que com certeza vai ser um grande treinador. A equipe assimilou o que ele pediu, e a gente fez um grande jogo – disse.

Castan destacou que o Vasco com Ramon passou a saber mais o que faz dentro de campo, com organização e objetividade.

– Acho que a gente deu um saborzinho e mostramos um aperitivo do que ele quer. O principal é que a gente tem um jogo, sabe qual é o nosso jogo. Agora é gradualmente ir melhorando para poder estar o mais rapidamente possível no melhor nível e 100%.

O “capita” também foi sincero ao falar sobre a ausência da torcida, medida de segurança temporária adotada pelas autoridades em virtude do coronavírus.

– Foi muito difícil jogar sem a presença do nosso torcedor. Realmente jogar em São Januário vazio é muito diferente, vocês fazem falta. Espero que, com todas as precauções, a torcida possa estar aqui empurrando nosso time porque tenho certeza que com sintonia entre time e torcida, a gente pode ir muito longe.

Ainda na entrevista, Leandro Castan também fez questão de elogiar seu novo parceiro de zaga, Ricardo Graça, que mesmo sendo canhoto, atuou pelo lado direito do campo, um desafio para os jogadores de pé contrário. O capitão exaltou a qualidade de Graça, mesmo em outra posição.

– A gente fez um bom jogo. É sempre difícil quando você joga fora de posição, mas o Ricardo é um garoto de muita qualidade e jogou superbem. Estou muito feliz com o nosso desempenho ali atrás. Quando a gente foi exigido, pôde mostrar o nosso valor e deixar o time curto – concluiu.

O próximo adversário do cruzmaltino será o Madureira. O clube de São Januário terá que vencer o tricolor suburbano e ainda torcer contra o Volta Redonda para conseguir se classificar no estadual.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: