Universo Vasco

Por motivos pessoais, Yaya Touré comunica que não poderá mais participar de projeto de Leven Siano

O contrato firmado de parceria entre o volante marfinense Yaya Touré e o candidato à presidência do Vasco, Leven Siano, foi desfeito.

O próprio jogador e o candidato anunciaram via as redes sociais o desacordo precoce entre ambas as partes. A justificativa parte de Yaya, que alegou motivos pessoais para impedir sua vinda ao Brasil.

Em vídeo publicado nas redes sociais de Leven Siano, o marfinense agradece pelo convite feito.

– Eu gostaria de agradecer ao senhor Leven por ter me convidado para ser parte desse projeto maravilhoso e da família Vasco da Gama. Mas, infelizmente, eu não poderia mais fazer parte dele por razões pessoais. Eu não posso me mudar para o Brasil. Obrigado por sua compreensão. Desejo tudo de melhor e sucesso ao Sr. Leven com seu projeto – disse Yaya, em vídeo.

Leven Siano confirmou o fato, lamentando o ocorrido e citando que o acordo foi desfeito sem que houvesse penalização para qualquer uma das partes.

– Lamento informar que, devido a motivos pessoais, o Sr. Yaya Touré não poderá mais se mudar para o Brasil. Acordamos um consenso amigável para encerrar o contrato, com efeito imediato, sem nenhuma penalidade ou demais obrigações de ambas as partes. Agradeço a ele por toda a atenção dedicada ao assunto durante as nossas conversas recentes. Desejo a ele todo sucesso em quais projeto futuros, e envio saudações a ele e à sua família – postou Leven Siano.

O contrato do volante com o Vasco só entraria em vigor caso o candidato fosse eleito. Também por vídeo, Yaya já havia confirmado o acerto.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: