Universo Vasco

Marcos Jr reconhece começo de temporada ruim no Vasco

Marcos Júnior tem sido um dos principais alvos de críticas dos torcedores vascaínos, mas isso tem motivo: a oscilação.

Em alguns jogos na temporada o volante até teve boas atuações, mas não conseguiu a regularidade desejada, e caiu na vaia do torcedor.

Contra o Altos-PI e Oriente Petrolero, pela Copa do Brasil e Copa Sul-Americana respectivamente, o volante conseguiu boas participações, mas não manteve o mesmo rendimento no estadual.

E Marcos sabe disso, o jogador admite que precisa melhorar mais nas suas caracteíricas, em entrevistado ao Globoesporte.com, citando o mal começo de temporada.

– Acho que em 2020 eu não comecei da maneira que eu esperava. Falta mais acreditar em mim mesmo, confiança. Em alguns momentos me deixei abalar por algumas partidas ruins que fiz, e isso afetou bastante no meu rendimento dentro de campo.

O jogador ainda revela um dos atributos que quer melhorar mais: o passe.

– Uma coisa que me cobro bastante é o passe. Sou um jogador que ajuda a marcar, mas procuro mais armar. Gosto bastante de armar, de ajudar meus companheiros a receberem bolas bem posicionados. Preciso melhorar meu passe porque talvez meu rendimento tenha caído bastante em relação ao que eu fiz no ano passado – afirmou.

Ele ainda comenta sobre a efetivação do técnico Ramon Menezes, e diz que acredita em sua melhora com o novo treinador, que também atuava no meio-campo.

-Meus três gols foram dentro da área. Na verdade até quatro porque eu fiz num amistoso e, por ventura, também foi marcado dentro da área. Acredito que isso vai continuar acontecendo até porque mesmo o Ramon nos incentivava a pisar na área em alguns treinamentos de finalização que a gente fazia depois do treino com ele. É uma característica minha pisar na área e aproveitar as bolas que aparecem lá.

– O Ramon me ajuda desde que eu cheguei no Vasco. Na época em que ele era auxiliar, no final dos treinos a gente sempre fazia alguns complementos com ele. Ele nos dava dicas de receber a bola de costas porque a gente fica no meio-campo, onde tem bastante gente. Ele dava dicas de passes, treinávamos passes e domínio. Tudo que um meio-campista e um armador fazem. Na época em que jogava, ele sabia dominar aquela área de meio-campo e passa isso para a gente. Agora como treinador, eu acredito que vai continuar ajudando bastante a rapaziada que faz a posição dele – completou.

Marcos Jr tem 39 jogos pelo Vasco, e apenas 4 gols feitos.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: