Universo Vasco

Em entrevista, Campello fala sobre CT, volta das atividades, salários, e situações de Breno e Ramon

O presidente do Vasco, Alexandre Campello, foi entrevistado pelo canal no Youtube Jorge Nicole, onde comentou sobre diversos assuntos, incluindo a situação de Breno e Ramon, ambos lesionados.

A questão dos pagamentos dos salários também foi abordada. Campello inclusive revelou que o primeiro pagamento da sua gestão foi com ajuda do empresário Carlos Leite, que emprestou dinheiro ao clube. Segundo o presidente, a justificativa para tal se dá por ‘não valer a pena vender jóias da base para se resolver problemas momentâneos’ do clube.

Ainda, o presidente mudou o discurso e disse não descartar a chance de jogadores do clube passarem a buscar uma rescisão de contrato devido aos salários atrasados. O Vasco não conseguiu quitar nenhum mês de salários em 2020, a expectativa para esta quinta, entretanto, é que seja paga uma parte dos vencimentos referentes ao mês de janeiro.

O presidente porém, emendou que dos meses não pagos, dois não foram quitados por conta da pandemia do coronavírus.

Sobre a situação de Breno e Ramon, lesionados sem previsão de retorno, no caso de Breno parado à mais de 2 anos, o presidente classificou como imoral a chance de romper o contrato com os atletas, uma vez que ambos se machucaram em serviço, atuando pelo Vasco.

Questionado a respeito da entrega do CT, o presidente estipulou a entrega para Julho ou Agosto, a primeira estimativa previa que em Julho já seria possível treinamentos no local.

– Julho, talvez Agosto. Estamos trabalhando muito. A Pandemia afeta a produtividade. – disse.

Além disso, o presidente voltou a reforçar que o clube deve voltar com suas atividades em São Januário ainda essa semana, o novo prazo está marcado para sexta-feira. Uma câmera de desinfecção foi instalada nas dependências do clube também como medida de proteção.

O presidente também deixou claro que atletas não confiantes ou desconfortáveis a respeito da segurança, estarão liberados para manterem as atividades em seus domicílios.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: