Universo Vasco

Atitudes e declarações de Campello estremece relação com jogadores

As atitudes do presidente Alexandre Campello nos últimos dias não caíram nada bem para funcionários e jogadores do Vasco.

Isso, devido ao presidente recentemente ter feito uma viagem à Brasília, para se encontrar com o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, e tratar com o mesmo, sobre uma possível volta do futebol no Brasil.

A crítica dos atletas e funcionários se dá por Campello, aparentemente ter dado prioridade ao retorno das atividades, em meio a um pico da pandemia no país, e não à busca por recursos financeiros com fim de quitar as pendências que o clube ainda tem com seus dependentes e colaboradores.

Declarações do presidente também ajudaram a complicar ainda mais a relação dos jogadores e funcionários com o mesmo, uma vez que, em entrevista ao canal por assinatura SporTV, Campello disse que os jogadores estariam mais seguros em São Januário do que em suas próprias residências.

As declarações, somadas as atitudes controversas do mandatário neste tempo de crise, fizeram com que o elenco, solidário com a situação da maioria dos funcionários, começasse a cogitar o retorno das atividades somente após a quitação dos valores referentes aos salários dos funcionários que ainda não receberam.

Com isso, mesmo que as autoridades públicas liberem o retorno do futebol no país, ou no estado, o elenco vascaíno só retomará as atividades após os pagamentos serem feitos aos funcionários e colaboradores do clube.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: