Universo Vasco

Vasco tem parcelas do ato trabalhista suspensas devido à paralisação

O Vasco ganhou um alívio em suas despesas, isso pois as parcelas do Ato Trabalhista foram suspensas temporariamente por 60 dias por decisão da presidência do Tribunal Regional do Trabalho. A suspensão fará o clube ‘economizar’ cerca de R$ 2 milhões por mês.

A quantia destinada inicialmente ao ato direcionada ao pagamento de funcionários e jogadores, que enfrentam atrasos desde 2019 em seus vencimentos.

Ano passado, o Vasco assinou um novo acordo, onde concentrará o pagamento de dívidas. Desta forma, o clube tenta evitar penhoras na esfera trabalhista e pode organizar melhor suas finanças.

No acordo, ficou decidido que o Vasco pagará R$ 2 milhões mensais para quitar a dívida num prazo de seis anos. O dinheiro vem diretamente da receita que o clube recebe das cotas de televisão.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: