Universo Vasco

Retorno de Coutinho à Inglaterra pode render milhões ao Vasco

Em meio a pandemia e a crise financeira do clube, um velho conhecido do torcedor pode ajudar – novamente – os cofres vascaínos.

Atuando emprestado ao Bayern, Philippe Coutinho pode vestir outra camisa a partir do 2º semestre, e uma possível negociação pode render uma quantia extra e inesperada ao seu clube formador, o Vasco. O jogador está na mira de gigantes ingleses, como o Manchester United, Tottenham, Arsenal e também do Chelsea.

O Barcelona, no entanto, quer recuperar o investimento feito em Coutinho quando tirou o craque do Liverpool, em 2018: 160 milhões de euros. O Chelsea seria o mais interessado em contar com o brasileiro.

O empréstimo de Coutinho ao Bayern possui uma cláusula de compra que pode ser ativada, no valor de 120 milhões, 40 milhões de euros a menos do que os catalães investiram. Mas, a princípio, o rendimento abaixo do esperado por parte dos alemães em Coutinho não deve acionar a cláusula e o jogador tem tudo para deixar a Alemanha.

E o Vasco segue de olho, tendo direito a 2,25% da negociação por ser o clube formador, o que daria R$ 14,8 milhões aos cofres sofridos do cruzmaltino.

No orçamento para 2020, o clube projetou arrecadar R$ 17,1 milhões com o Mecanismo de Solidariedade da Fifa. Em tese o esperado era a negociação de outros crias da colina, como Paulinho e Douglas Luiz, mas Coutinho pode também se encaixar no cenário. Apenas o valor de Coutinho já faria o clube arrecadar quase toda a quantia esperada.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: